Resgate

Saiba como é feito o resgate de um animal


O abandono de animais é algo muito comum, resgatar um animal abandonado é um ato de solidariedade, por mais que você não irá ficar com ele, não é motivo para não resgatá-lo e oferecer os primeiros cuidados para ele antes de entrar em contato com um abrigo. Na maioria das vezes por medo e falta de conhecimento fazem as pessoas deixarem de comunicar crimes sofridos pelos animais, maus tratos e abandono. É muito comum encontrar animais abandonados nas ruas, deixados em terrenos vazios ainda pequenos, os gatos principalmente, porém são ágeis e conseguem se esconder e sobreviver por mais tempo, no caso dos cachorros é um pouco diferente pois são mais fáceis de machucar. 

Caso sua intenção não seja adotar o animal, o primeiro passo é oferecer água e alimentação para que ele se acostume com você e com os cuidados, após isso se sua intenção ainda não for ficar com ele, entre em contato com o abrigo para que ele tome as devidas providências. 

Por isso os abrigos existem, para retirar esses animais dessas situações de abandono, maus tratos, livrar-se de riscos que podem sofrer estando na rua como um acidente levando o animal a sofrer com alguma fratura ou machucado que não terá o devido cuidado pelo fato de estar abandonado.

O abrigo oferece cuidado, proteção, alimentação até o animal encontrar um lar definitivo com alguém que lhe ofereça conforto e segurança também. Os animais resgatados são vacinados e recebem os cuidados veterinários necessários para restaurar a saúde, para se recuperar dos ferimentos e depois de todos os cuidados ser colocado para adoção. É de muita importância contar com o apoio da população para ficar alerta caso veja um animal sendo maltratado.  

Copyright  2020 ASAMAR